Armário-cápsula masculino: como montar um guarda-roupa versátil e econômico Entenda o que é e como aplicar o conceito de armário-cápsula no seu dia a dia e economizar muito mais espaço, tempo e dinheiro gplus
   

Armário-cápsula masculino: como montar um guarda-roupa versátil e econômico

Entenda o que é e como aplicar o conceito de armário-cápsula no seu dia a dia e economizar muito mais espaço, tempo e dinheiro

Confira Também

Se você ainda pensa que problemas com o guarda-roupa são uma dor de cabeça exclusiva do sexo oposto, está muito enganado, meu amigo. Afinal, quem nunca teve dúvidas sobre o que vestir em determinada ocasião ou comprou uma peça de roupa impulsivamente, que acabou usando poucas vezes antes de descartar no armário? Pois é, nós também sofremos com o vestuário de cada dia. Mas uma ideia promete dar fim nisso: o armário-cápsula.

LEIA TAMBÉM

O nome, traduzido do inglês "capsule wardrobe", já diz tudo: consiste em guardar todas as suas roupas em um espaço mínimo, limitado. Mais que isso, o conceito sugere uma forma alternativa de consumir e usar roupas, priorizando a qualidade em detrimento da quantidade. 

Aqui, menos é mais, literalmente: a ideia é possuir um armário com poucos itens, alguns essenciais que nunca saem de moda e outros um pouco atuais, que deem liga entre si e possam ser usados em várias ocasiões.

Apesar do conceito do armário-cápsula estar em alta recentemente, ele já é bem antigo. Foi Susie Faux, estilista e fundadora de uma loja exclusiva em Londres, quem cunhou o termo ainda nos anos 1970 para designar "uma coleção de peças básicas e atemporais que, aliadas a peças de estação, deixariam a pessoa sempre bem vestida e atual", como explica Veruska Olivieri, consultora de imagem e estilo. 

O termo ganhou a Internet quando a blogueira americana Caroline, do Un-fancy.com, escolheu 37 peças do armário para viver por alguns meses, chamando atenção dos fãs.

POR QUE VOCÊ DEVERIA ADOTAR UM ARMÁRIO-CÁPSULA?

#1 - Para aproveitar as peças que tem
Quantas peças que estão no seu guarda-roupa neste exato momento você costuma usar em seu dia a dia? É muito comum "elegermos" algumas peças favoritas e usá-las frequentemente, deixando as outras um pouco de lado, não é mesmo? O armário-cápsula tem a intenção de evitar justamente isso, dando uma nova vida a todas as suas roupas, mesmo aquelas que você já não usa faz um bom tempo. Assim, nenhuma peça é desperdiçada e você as aproveita mais.

#2 - Para economizar dinheiro com roupas
Não apenas as mulheres, como também nós, homens, temos o hábito de comprar peças de roupa por puro impulso, seja porque gostamos de determinada peça (mesmo que ela não combine com nada no guarda-roupa), seja porque queremos ostentar um pouco mais na frente dos amigos ou da família com uma roupa nova caríssima. Esqueça. O armário-cápsula propõe que você passe meses sem comprar peças novas, apenas aproveitando as que tem da melhor forma.

#3 - Para ganhar espaço no guarda-roupa
Com roupas e mais roupas jogadas no armário, manter-se organizado pode ser uma missão difícil de ser cumprida. As pilhas se acumulam na correria do dia a dia e, logo, você não consegue encontrar mais nada em meio aquela zona.  Ao adotar o armário-cápsula no seu cotidiano, seu guarda-roupa fica limitado a um número "x" de peças, o que permite que você tenha muito mais controle para organizá-lo sem precisar lidar com dezenas (ou centenas) de peças por todo lado.

#4 - Para ganhar tempo quando se vestir
Em uma sociedade pautado pelo mantra "tempo é dinheiro", gastar muitos de seus preciosos minutos todos os dias pela manhã para se vestir é um luxo que você não pode dar a si mesmo. Assim, fica muito mais fácil vestir-se rapidamente (principalmente nos dias mais corridos) se você não precisa passar horas decidindo quais peças escolher e como combiná-las do melhor jeito, visto que o armário-cápsula deixa suas opções já bastante limitadas. 

COMO MONTAR UM ARMÁRIO-CÁPSULA?

1º passo: conheça seu estilo pessoal
A primeira coisa a ser feita para montar um armário-cápsula totalmente funcional é, sem dúvida, conhecer o seu estilo pessoal. Que mensagem você passa ou deseja passar com suas roupas? Saiba quais roupas valorizam seu corpo, de quais você mais gosta e separe-as das demais. Feito isso, o primeiro passo está concluído.

2º passo: considere seu estilo de vida
Claro que, no dia a dia, não vestimos somente as roupas das quais gostamos mais, mas outras que precisamos para trabalhar (ternos, por exemplo), ir a um casamento ou outra ocasião um pouco fora da rotina. Você não deve se esquecer disso quando estiver montando seu armário-cápsula, sob risco de ficar sem as peças quando precisar delas.

3º passo: defina um limite de itens
Uma das maiores dúvidas de quem decide adotar um armário-cápsula é: "quantas peças de roupa devo ter?". A resposta irá depender muito da sua resposta nas duas questões anteriores. Tome cuidado para não escolher peças de menos, pois assim você fica sem opções; nem peças demais, ou ter um armário-cápsula perde todo o sentido. O ideal, geralmente, é que você monte seu guarda-roupa com, no máximo, 40-50 peças.

4º passo: separe as peças pelo clima
É comum, quando se fala sobre armários-cápsulas, muito blogueiros de moda aconselharem você a separar suas roupas de acordo com cada estação do ano. Porém, como no Brasil as estações não são muito bem definidas, o aconselhável é montar seu guarda-roupa de acordo com o clima de sua região. Se for mais calor, escolha roupas mais leves; se for frio, dê preferências aos agasalhos e assim por diante.

QUAIS ROUPAS PRECISA TER UM ARMÁRIO-CÁPSULA?

#1 - Para vestir

  • 6 camisetas básicas sem estampa (2 brancas, 2 pretas, 2 cinzas)
  • 2 blusas para atividades físicas (dryfit)
  • 4 camisas casuais (com xadrez grande, com xadrez pequeno, de algodão, e jeans)
  • 6 camisas sociais (2 brancas, 2 azul claro e outras 2 de sua escolha)
  • 2 pólos
  • 2 cardigãs (1 mais leve, 1 mais pesado)
  • 2 tricôs de algodão e blusa de lã (uma malha leve, outra mais grossa)
  • 2 casacos (um estilo Trench Coat, outro estilo Pea Coat)
  • 3 jaquetas (uma jeans, uma corta-vento, uma de couro preta ou marrom)
  • 2 blazers sociais (um em lã fria, outro em veludo ou lã)
  • 2 blazers casuais (um em jeans, outro em linho)
  • 3 ternos ou costumes (um azul marinho, um preto, um cinza)
  • 2 bermudas passeio (uma cáqui, outra de sua escolha: marrom, azul marinho etc)
  • 2 bermudas para água
  • 2 sungas
  • 1 calça para atividade física (calça em tactel)
  • 1 calça chino (calça em sarja)
  • 4 jeans (um claro, dois estonados, um escuro)

#2 - Roupas de baixo

  • 12 Cuecas (4 cinzas, 4 pretas e 4 brancas)
  • 8 pares de meias esportivas (2 brancas, 4 cinzas e 2 cáqui)
  • 7 pares de meias casuais
  • 7 pares de meias sociais

#3 - Para calçar

  • 3 pares de sapatos (1 oxford clássico marrom ou preto, 1 derby marrom ou preto, 1 brogue de camurça)
  • 2 pares de tênis (bem leves, em lona, camurça ou couro)
  • 2 pares de tênis esportivos (para academia ou caminhadas, intercalando-os para descansar e secar)

#3 - Acessórios

  • 4 gravatas (uma preta, uma vermelha, uma listra e uma em microestampa)
  • 4 cintos casuais (dois coloridos, dois em couro)
  • 2 cintos sociais (um preto, um marrom)
  • 2 óculos escuros (um clássico, um esportivo)
  • 2 relógios (um clássico, um esportivo)
  • 2 bolsas (uma de couro e uma mochila)
  • 2 cachecóis (um em lã, outro mais leve)
  • 1 boné

 


Luis Carvalho