O que acontece com o pênis quando você envelhece? Confira 8 mudanças Não são só as mulheres que sofrem com a idade. Confira algumas mudanças que acontecem no corpo masculino com o passar do tempo gplus
   

O que acontece com o pênis quando você envelhece? Confira 8 mudanças

Não são só as mulheres que sofrem com a idade. Confira algumas mudanças que acontecem no corpo masculino com o passar do tempo

Confira Também

Envelhecer, apesar de ser um processo natural, pode ser difícil de aceitar. Falta disposição, a memória falha, os cabelos ficam brancos e/ou caem e, não bastasse, o sexo some. Enquanto as mulheres tentam desde cedo conter as marcas do tempo com produtos e tratamentos, a maioria dos homens prefere somente esperar que sua passagem não seja tão sentida - mas nem sempre é como gostaríamos. Já a partir dos 40 anos, algumas sutis diferenças começam a aparecer e, se tem uma região do corpo masculino que sente a passagem do tempo como nenhuma outra, é o pênis. 

Confira algumas mudanças pelas quais seu pênis passa quando você fica mais velho.

ELE PODE FICAR MENOR

Sei que não é a notícia que estava esperando, mas infelizmente é verdade: seu pênis pode encolher com a idade. Isso acontece principalmente pela diminuição da quantidade do hormônio testosterona no organismo, redução do fluxo de sangue e também pela perda de elasticidade da pele. Porém, ter uma barriguinha saliente também não ajuda, já que a gordura cobre a base do pênis e faz com que ele aparente ser menor do que realmente é. 

O FORMATO PODE MUDAR

Segundo o site "The Sun", é muito comum que o formato do pênis mude depois de certa idade e que homens mais velhos tenham um órgão ligeiramente mais curvado. O motivo disso são pequenas lesões que acontecem no corpo do membro que alteram o tecido e, aliadas à perda de elasticidade da pele, acabam por criar pequenas deformidades que alteram sua curvatura.

A COR MUDA

Acredite: até mesmo a cor do pênis pode mudar com a idade. Novamente, isso acontece por causa da diminuição do fluxo sanguíneo na região, condição conhecida como aterosclerose e que afeta não apenas o membro, como também o cérebro e o coração. A falta de sangue faz com que órgão fique mais claro e, assim como a pele do resto do corpo, apresente algumas pintas.

DISFUNÇÃO ERÉTIL

Mesmo podendo acontecer também com pessoas mais jovens por diferentes razões, biológicas ou psicológicas, a disfunção erétil é mais associada a homens com idade avançada devido, principalmente, à falta de produção da testosterona aliada a maus hábitos de saúde, remédios, ou até mesmo doenças. Apesar de hoje ser possível recorrer ao Viagra para "resolver" o problema, o mais indicado ainda é consultar um médico para entender o problema.

NASCEM MENOS PELOS

A menor produção de testosterona no organismo masculino causa também a perda de pelos em várias regiões do corpo onde antes era comum tê-los. No pênis, além de ficarem brancos, assim como no resto do corpo, os pelos enfraquecem e começam a cair, o que acaba deixando a área nua, ainda que não completamente. 

SURGEM AS RUGAS

Rugas na pele são uma das maiores marcas da idade, seja em homens ou mulheres. Nos homens, elas não se restringem somente ao rosto: as rugas começam a aparecer também no pênis. Isso acontece por causa da perda de elasticidade da pele. Existem procedimentos cirúrgicos para a retirada do excesso de pele no membro, mas a melhor opção ainda é encarar a mudança com naturalidade.

A SENSIBILIDADE DIMINUI

Os tecidos nervosos responsáveis pelas sensações no pênis são regulados também pela testosterona. Portanto, quando esta diminui de quantidade no corpo, resulta também na perda de sensibilidade no órgão. Essa perda, por sua vez, é um dos responsáveis por dificultar o orgasmo e impedir que as ereções sejam tão rígidas quanto antes. Ter ereções diárias, segundo médicos especialistas, é uma das melhores maneiras de manter o pênis saudável e que evitar que ele, assim como acontece com um músculo pouco utilizado, "atrofie".

PROBLEMAS URINÁRIOS

Ser capaz de ir ao banheiro quando tiver vontade ou de segurar a urina em momentos inoportunos é uma das grandes adversidades da idade avançada. Cerca de 20% dos homens de 40 anos, entre 50% e 60% dos homens de 60 anos e entre 80% e 90% dos homens de 70 e 80 anos sofrem de problema urinários. O problema, porém, tem origem na próstata. Fazer exercícios moderados várias vezes por semana, evitar ficar sentado o dia todo, limitar o consumo de álcool e ejacular várias vezes por semana são algumas dicas do que fazer para se prevenir contra a diminuição da função urinária.