Os diferentes estilos de botas sociais masculinas Quem disse que botas masculinas não combinam com roupas formais? Confira alguns modelos estilosos gplus
   

Os diferentes estilos de botas sociais masculinas

Quem disse que botas masculinas não combinam com roupas formais? Confira alguns modelos estilosos

Confira Também

O frio está chegando e as roupas que costumávamos usar nos dias quentes estão ficando cada vez mais no fundo do guarda-roupa.  É justamente nessa época que as botas começam a aparecer nas ruas e ganharam espaço nos pés dos homens mais estilosos.

Você até pode estar pensando que as botas masculinas têm um visual mais casual e que elas dificilmente se adaptarão a um ambiente formal, como o local de trabalho. É aí que muitos homens se enganam.

Existem vários estilos de botas, e elas podem se encaixar em qualquer ocasião. Algumas delas, como as hiking boots, realmente não se encaixam em uma situação que exige um traje mais formal. No entanto, alguns modelos, quando combinados com roupas sociais, caem muito bem e dão ar de elegância e bom gosto. Confira alguns estilos para você se inspirar.

Após serem adotadas pelos Beatles, as botas chelsea se tornaram um ícone dos anos 60. Contudo, mesmo após cinco décadas, elas continuam em alta. Geralmente pretas, as chelsea boots são constituídas por uma faixa elástica em sua lateral e não possuem cadarços.

Comprar botas chelsea nem sempre é uma tarefa fácil. Pelo fato de não possuírem cadarços, encontrar o tamanho que se encaixe perfeitamente é essencial. A qualidade do elástico lateral também um ponto a ser analisado antes da aquisição. Quanto melhor o elástico for, mais confortável e duradouro a bota será.

As botas jodhpur são bem versáteis e podem ficar legais até com calças jeans. Mas, quando usadas com terno e grava, elas dão um ar arrojado para qualquer homem. Uma característica clássica das botas jodhpur são as alças cruzadas na altura do tornozelo. Elas podem ser feitas de diversos tipos de tecidos. No entanto, as de couro combinam mais com roupas sociais.

A bota balmoral pode se gabar por ter sangue azul em suas raízes. Ela surgiu em meados do século XIX a pedido do príncipe inglês Alberto, que queria uma bota que fosse tão boa para se usar em lugares abertos, como fechados. Ao longo da história as botas balmoral sofreram pequenas modificações. Seu diferencial em relação aos calçados citados anteriormente é a presença de cadarços juntos ao tecido do corpo da bota. Alguns modelos de botas balmoral podem ter até quatro tecidos diferentes: linho, veludo, suede e couro. São semelhantes aos sapatos oxford.

Esse estilo de bota segue a linha dos conhecidíssimos sapatos derby. Como os sapatos, essas botas também apresentam as abas soltas onde ficam os ilhoses dos cadarços. Por ser considerada uma bota bastante clássica, ela é mais usual em lugares que sugerem trajes sociais. 

Veja também o guia básico sobre os principais modelos de sapatos masculinos.