Cintos masculinos: saiba como e quais usar Apesar de existirem modelos ecléticos, alguns, como os sociais, se restringem apenas a alguns momentos gplus

AreaH - Baixe grátis na Apple Store

AreaH - Baixe grátis na Google Play

   

Cintos masculinos: saiba como e quais usar

Apesar de existirem modelos ecléticos, alguns, como os sociais, se restringem apenas a alguns momentos

Confira Também

Tem homens que não dão importância, mas o cinto, se bem usado, pode acrescentar muita elegância ao visual.

Diferentes situações demandam diferentes trajes – e isso influencia na decisão de qual cinto escolher. Em geral, ocasiões mais formais exigem cintos finos de couro, que (para não errar a mão no visual) devem ter a mesma cor dos sapatos. Não há regras, mas, para momentos casuais, é mais comum utilizar tanto os cintos couro mais grossos e largos, como os de camurça e tecido, mais leves. Nesse caso, não há a necessidade de harmonizar com os pisantes.

Saber como combiná-los não é uma tarefa difícil. Apesar de existirem diversos modelos de cintos, a dica para saber como se encontrar em meio a essa variedade é: mantenha o bom senso. Acompanhado de um traje rústico, por exemplo, com camisa xadrez e botas, um cinto com fivela grande pode incrementar o visual. Conheça os modelos e veja algumas recomendações.

Cintos sociais de couro 
Acessório indispensável para qualquer homem, os cintos sociais de couro são ideais para serem usados com calças sociais, já que eles são mais estreitos e finos justamente para passar pelos cós dessas calças, mais justo que os das outras calças. Entretanto, nada impede que você cintos sociais com calças casuais, como jeans e de veludo.

Cintos casuais de couro
A diferença dos cintos casuais de couro em relação aos sociais está em sua largura, bem maior. Um coringa dentro do guarda-roupa, esse cinto pode ser usado com praticamente qualquer peça de roupa - menos com calças sociais até porque, por serem largos. esses cintos não passarão pelo cós da calça social. Dependendo da combinação ele pode dar um tom polido e refinado ou ser um ótimo acabamento para um visual mais rústico. Aqueles mais foscos casam bem com um visual vintage.

Cintos trançados 
Costumeiramente, ele é feito de couro, porém é possível encontra-lo em diferentes materiais e cores. Inconfundível, a principal característica são suas tranças. Ele cai muito bem com calças de sarja. jeans, bermudas ou shorts.

Cinto de camurça
Peça aliada aos trajes casuais, o cinto de camurça são mais foscos, flexíveis e podem ter diferentes cores, como marrom, azul e vinho. Dependendo de sua cor, ele pode servir para contrastar com as calças ou bermudas.

Cinto de tecido
São bastante casuais e combinam com shorts, bermuda ou até mesmo com calça, dependendo do contexto. Leve e flexível, ele pode ter cores lisas ou listradas. Não é raro encontrá-los em tons vibrantes, o que pode servir para dar uma cor a um traje com roupas de cores frias.

Além de saber qual cinto usar, é necessário cuidar bem deste acessório que, dependendo do fabricante, pode ter um preço bastante salgado. Se você sujar seu cinto, não leve correndo para a máquina de lavar – principalmente se ele for de couro ou camurça. O ideal é passar produtos impermeabilizantes antes de começar a usá-los. Mas, se já estiverem sujos, limpe a camurça com uma escova para tirar os resíduos e, logo após, passe uma pequena camada de condicionador. Após 10 minutos, passe um pouco de água e retire o condicionador do cinto. Coloque para secar. Caso o cinto seja de couro, limpe-o apenas com pano úmido e, quando ele estiver ressecado, passe um pouco de condicionador.

No entanto, o cinto não dura para sempre. Se seus furos ficarem demasiadamente desgastados, talvez já seja a hora de trocar. Quando for comprar um cinto novo, escolher aquele que seja dupla-face pode ser uma boa forma de poder variar a cor do cinto sem gastar muito dinheiro. Outra dica para quando for comprar um cinto é: fique atento ao seu tamanho. O número do cinto são baseados na circunferência dos quadris. No entanto, a distância entre a fivela e o quarto furo não entra na contagem da medida. Ou seja, um cinto número 100 não tem 100 centímetros, e sim um pouco mais.