Dizer “te amo” durante o sexo deixa o casal mais satisfeito, aponta pesquisa A maioria dos entrevistados disse sentir mais prazer ao ouvir a declaração do parceiro gplus
   

Dizer “te amo” durante o sexo deixa o casal mais satisfeito, aponta pesquisa

A maioria dos entrevistados disse sentir mais prazer ao ouvir a declaração do parceiro

Confira Também

Entre quatro paredes, o sexo é quase um “vale tudo” na hora de satisfazer a companheira. Brincadeiras, fantasias, posições inusitadas e, principalmente, palavras picantes - ótimas para esquentar ainda mais o clima na cama. No entanto, uma pesquisa feita recentemente pela Universidade de Chapman, na Califórnia, aponta que não é só o vocabulário erótico que tem o poder de aumentar o prazer a dois: dizer “te amo” na hora H também pode deixar o casal mais do que satisfeito.

O estudo, divulgado pelo jornal The Telegraph, entrevistou cerca de 40 mil pessoas (entre homens e mulheres) que estão juntos por pelo menos três anos. De acordo com os resultados, 75% dos homens e 74% das mulheres disseram sentir-se mais saciados após ele ou ela declararem seu amor durante a relação. 

O levantamento também apontou que os casais costumam diminuir a quantidade de vezes que transam conforme o passar do tempo. Segundo os dados, cerca de 80% dos entrevistados confessaram que eram mais satisfeitos no início da relação, enquanto 43% afirmaram estar tão felizes quanto no começo do relacionamento.

Segundo o professor David Frederick, responsável pelo estudo, trocar palavras picantes via telefone ou e-mail durante o dia também podem aumentar o tesão da pessoa durante as próximas relações. 

Como se não bastasse, a pesquisa ainda revelou que quase metade dos casais satisfeitos ou insatisfeitos tem o costume de ler livros de auto-ajuda sexuais e artigos de revistas, no entanto, somente os satisfeitos realmente praticam as ideias sobre as quais lêem.

Mas, fica a dica: em caso de dúvida, não diga tais palavras. É melhor não dar falsas esperanças sobre uma possível relação com o atual “esquema”, para não deixá-la chateada - na melhor das hipóteses - com você.