A sedução nos negócios Aprenda a usar as técnicas da conquista para ser bem-sucedido não só no amor, mas também nos negócios! gplus

AreaH - Baixe grátis na Apple Store

AreaH - Baixe grátis na Google Play

   

A sedução nos negócios

Aprenda a usar as técnicas da conquista para ser bem-sucedido não só no amor, mas também nos negócios!

Confira Também

Já parou para pensar que as técnicas e estratégias de sedução utilizadas para conquistar as mulheres podem ter utilidade em outras áreas da vida? Elas são tão eficazes que podem ser aproveitadas  no mundo corporativo. Não pense que você vai sair por aí seduzindo a sua secretária ou a estagiária gostosa. Estamos falando de vantagens no momento de vender o peixe, no fechamento de contrato com novos clientes e na rede de contatos da empresa. Saiba como aplicar as mais engenhosas táticas da conquista na sala de reuniões:

#1 - Continue a paquera mesmo depois da conquista
Quantas vezes você flertou ou paquerou sua namorada ou esposa depois de finalmente passar pela provação e conquistá-la? Agora pense, quanta atenção você dá aos seus clientes depois de fechar um negócio? Você deve manter o relacionamento vivo – cheque sempre como estão as coisas, esteja à disposição e mantenha o contato.

#2 – Não leve um fora antes de começar a cantada
Seja na balada, em uma festa, ou até mesmo na rua, muitas mulheres dispensam imediatamente as cantadas dos homens que usam sempre os mesmos chavões justamente porque já estão cansadas de ouvir sempre a mesma coisa. Clientes são assim também – quantas ligações e propostas semelhantes eles não devem ouvir? Seja criativo na oferta, crie uma apresentação interessante e que destaque o negócio, da mesma forma que aquela cantada inusitada e bem pensada chama a atenção da mulher que você se interessou.

#3 – Rede de contatos e capital social
No mundo da sedução, você constrói o capital social quando as mulheres desejáveis o veem com outras mulheres bonitas. Isso dá certo status. No mundo corporativo esse capital social é construído quando os clientes desejáveis o veem trabalhar com outros clientes top. É quando um cliente em potencial vê que você trabalha ou já trabalhou com outros bem conceituados. Se você ainda não começou a construir seu capital social ou para sua empresa, comece já. Contate antigos clientes para que escrevam depoimentos – pode valer mais que anúncios ou ações promocionais.

#4 – Não entre no “joguinho dos testes”
As mulheres tem aquela mania de ficar nos “testando” com situações para ver como reagimos, e se não for do jeito que ela esperava, surge uma discussão fútil. Há clientes assim também, que vão pressionar até o limite para fechar um contrato mais vantajoso para eles ou até chefes que pressionam os funcionários pra ver o quanto eles se desdobram antes de quebrar. Não caia nessa. Se o negócio não for vantajoso pra sua empresa, mesmo o cliente sendo importante, não feche o trato.

#5 – Domine a conversa fiada
Na paquera, a habilidade de contar boas histórias, dominar a conversa fiada e manter a mulher entretida é a chave do sucesso. Quando as mulheres gostam de ficar perto de você e de ter sua companhia, coisas boas tendem a acontecer. A mesma coisa vale para os negócios. Pessoas e empresas tediosas nunca terão clientes batendo à sua porta. Seja interessante.

#6 – Seja o prêmio
Na hora se de aproximar daquela gata na balada, o pensamento certo é “Eu sou o prêmio. Ela que tem sorte de ter a chance de falar comigo.” Parece egocêntrico? Sim, mas é infinitamente melhor do que ir com o pensamento de que vai levar um fora. Você está vendendo um produto fantástico? Então você não está pedindo dinheiro aos seus clientes e eles não estão fazendo um favor – você está lhes dando a chance de ter algo que vai tornar a vida melhor. É o mesmo princípio de ir a uma entrevista de emprego sabendo que é o melhor candidato e que na verdade você está avaliando a empresa para ver se este é um bom lugar pra trabalhar. Seja confiante.

#7 – Seja alfa
Mulheres podem sentir medo e carência. Clientes, colegas de trabalho, chefes e entrevistadores também. A linguagem corporal, tom de voz e até quando você diz aquilo que querem ouvir são sinais de fraqueza também. Ruim em namoro, ruim nos negócios. Posicione-se como o alfa, como o responsável com total controle da situação, mesmo se você não tiver certeza disso. Pode soar arrogante, mas mostra autoridade e pressiona clientes a tomar a decisão com mais rapidez.

#8 – Seja irresistívelmente persuasivo
Já se perguntou por que os “caras legais e gentis” acabam indo pra casa sozinhos, enquanto os “caras maus” pegam todas as mulheres? Mesmo que elas digam que querem namorar um cara legal, elas são muito mais atraídas, inconscientemente e às vezes até incontrolavelmente, pelas características dos “bad boys”. O mesmo se aplica nos negócios. Os clientes podem dizer que procuram sempre comprar o mais barato, mas preço geralmente é a última coisa que é levado em conta nesses casos. As pessoas podem se comportar como irracionais quando estão atraídas por alguma coisa e vão pagar o que for preciso para ter o que desejam nesse sentido.

#9 – Atraia, não seja atraído
Esse ponto tem muito a ver com o anterior. Dê uma olhada em si mesmo: Você está correndo por aí atrás de clientes e negócios, lutando para atrair funcionários melhores ou tentando conseguir a atenção de grandes empresas? Ou são todas essas pessoas que procuram por você? Se você é o único que faz a perseguição, é hora de parar e desenhar a estratégia novamente para que você seja a atração principal para o cliente. Faça as reformas e refações necessárias, melhore seu produto, sua oferta e volte para o mercado mais agressivo que antes, com qualidade para brigar com os melhores concorrentes.

Sexo Oposto Oferecimento: Area M Não faça feio na hora H Não faça feio na hora H Passeios com as crianças Passeios com as crianças Cuide do seu cabelo no verão Cuide do seu cabelo no verão

Mais Acessados

Sobre

Mediakit Anuncie Redação Fale Conosco
COPYRIGHT AREAH 2011-2017. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. UMA EMPRESA YCR PARTICIPAÇÕES