Cuidados e produtos essenciais para ter uma barba estilosa Existem dicas que todo homem barbudo deveria saber. Se você faz ou quer fazer parte deste grupo, é melhor conferi-las gplus
   

Cuidados e produtos essenciais para ter uma barba estilosa

Existem dicas que todo homem barbudo deveria saber. Se você faz ou quer fazer parte deste grupo, é melhor conferi-las

Confira Também

O número de barbudos está crescendo de forma que não se via desde a época viking. Eles gostam, elas gostam. Moda ou antimoda, ainda é uma incógnita. A verdade é que uma galera já embarcou nessa . E por que não deixar a barba crescer?

A ideia é boa. Entretanto, saiba que desleixo e barba grande não combinam. Abandonar a lâmina de barbear e esperar que seus pelos faciais ganhem vida própria não vai rolar. Tempo, paciência e gastos são necessários para mantê-la limpa e saudável. Para isso, você precisará de alguns produtos e cuidados essenciais para ter uma barba de estilo. Confira-os.

Lavagem
Ao contrário de que muita gente pensa, a barba não protege a pele do rosto, pelo contrário. Se mal higienizada ela pode acumular impurezas, provocar odores e irritar sua pele.  Por isso a lavagem é fundamental. Saiba que já existem xampus específicos para barba, que além de fazer a higienização, ajudam a hidratar sem irritar a pele. Eles custam em torno de R$30,00 nos sites nacionais.  Mas se não tiver esses xampus, prefira os neutros e sem sal.

Hidratação
A hidratação é fundamental. Através das glândulas sebáceas, a pele produz oleosidade que ajuda a hidratar os pelos. Entretanto, se sua barba é grande, é bem provável que só isso não seja suficiente para hidratá-la por completo. Nesse caso, o uso de óleos naturais para barba é  recomendável. Caso ela esteja ressecada, eles podem ser usados todos os dias, ou uma vez a cada dois dias para manutenção. Aplicar loções de barba (diferente de pós-barba), os famosos balms, é outra forma muito eficiente de manter sua barba hidratada. No geral, produzem os mesmo efeitos dos óleos, mas também ajudam a domar os fios rebeldes. Como os óleos, as loções devem ser aplicadas somente quando sua barba estiver seca. Quer experimentar?  Os óleos e loções para barba custam entre R$ 25,00 e R$ 60,00 no mercado nacional. Calma, se não tiver esses produtos em casa ou preferir uma aparência mais rústica, siga a recomendação do Ricardo Bezerra, da barbearia Barba Negra, e utilize condicionador 3 vezes por semana.

Aparar
Você pode desenhar sua barba do jeito que quiser, entretanto, algumas dicas devem ser levadas em consideração. A parte lateral da barba (aquela que fica ao lado da orelha) dá o volume, e a parte debaixo (a do queixo e maxilar) dá o comprimento. Então se a sua intenção é deixar ela comprida, corte mais as laterais do que a parte inferior. Outra coisa que deve ser levada em conta na hora de aparar a barba é que normalmente os pelos faciais não crescem uniformemente. E para não ficar com aparência suja, é melhor cortar os fios que saem da uniformidade com uma tesoura ou barbeador, e claro, auxiliado por um pente fino para medir o comprimento. O resto do desenho é por sua conta. Para evitar irritações na pele, não se esqueça do tradicional creme de barbear na hora de desenhá-la com lâmina ou aparelho de barbear. Posteriormente, use o pós-barba. Está com medo de cortar errado e estragar tudo? Corra para o barbeiro de sua confiança.

Depois de limpar, hidratar e aparar é a hora de modelar.
Como dito anteriormente, a loção de barba, além de hidratar também ajuda a modelar. Porém,  se seu bigode é comprido e quer deixá-lo ao estilo vintage, será difícil manter a consistência somente com o balm. Neste caso, o uso de ceras específicas para barba e bigode são mais recomendadas, já que sua força de fixação é superior às das loções. As ceras custam em torno de R$ 30,00 nos sites brasileiros. 

Nunca viu esses produtos citados à venda? E agora?
Além do creme de barbear e da loção pós-barba que podem ser encontrados em praticamente  todos os supermercados e farmácias, itens para barba como xampus, balms, ceras e óleos muito dificilmente serão achados em estabelecimentos convencionais. Pensando nisso, as marcas que os produzem geralmente vendem através de seus próprios sites. Anteriormente somente empresas estrangeiras faziam esses produtos, mas como cresceu o número de barbudos no Brasil, a variedade de marcas nacionais desse segmento aumentou. Segue a lista das fabricantes brasileiras que comercializam esses produtos em seus próprios sites.