8 coisas que você precisa saber antes de ter filhos Esta prestes a ter um rebento? Veja o que deve mudar na sua vida com a chegada do primogênito – e tire de letra gplus
   

8 coisas que você precisa saber antes de ter filhos

Esta prestes a ter um rebento? Veja o que deve mudar na sua vida com a chegada do primogênito – e tire de letra

Confira Também

"Eu costumava viver uma vida sossegada, saindo quando queria, determinando minha própria agenda, festando até altas horas da noite e acordando tarde nos finais de semana. Achei que viveria desse jeito pra sempre, até um bebê aparecer e mudar tudo": essas são as palavras de Barack Levin, autor de The Diaper Chronicles, uma espécie de guia para papais de primeira viagem. 

 Levin, que decidiu passar a trabalhar em casa e cuidar de tudo quando a criança nasceu, dá uma prévia de que tipo de mudanças acontecem na vida de um homem quando um bebê está a bordo. “Aqui vão algumas coisas que eu gostaria de saber antes de ter tido um filho”, de acordo com Levin:

1. Dormir
É uma pena que não podemos “salvar” tempo de sono pra mais tarde durante a vida. Seria incrível se pudéssemos ter um banco de horas de sono pra depositar algumas horas de sono antes de ter um filho. Assim seria possível “sacar” algumas delas pra aproveitar quando você for pai. Sim, porque você não será mais dono dos seus hábitos de sono – seu bebê é quem estará no comando.

2. Hora de mamar
Quanto tempo leva pra alimentar um bebê? Quem não tem filhos diria que tomar 100 ml de leite leva cerca de 30 segundos. Compensando a falta de coordenação e o tempo extra gasto por causa disso, somos levados a pensar que cerca de 5 ou 8 minutos serão suficientes. Mas esse não é o caso. Não é apenas dar a mamadeira: o bebê tem que arrotar e sua fralda/roupas precisam ser trocadas, o que leva pelo menos 45 minutos.

3. Laços emocionais
Filmes e programas de TV sempre mostram como o pai, no final do parto, corre para o recém nascido cheio de lágrimas e sorrisos, abraçando e beijando a criança, transbordando todo o seu amor. Mas quem realmente está lá pra ver a coisa toda acontecer sabe que, no instante do nascimento, nenhum pai está preparado. Sim, porque a mulher tem nove meses pra criar laços com o bebê, mas e você? Num minuto você é um homem despreocupado, e no seguinte já é responsável por um pacote de amor.

4. Nome do bebê
Escolher o nome é bem difícil. A esposa vai por um lado, o marido por outro, e não se esqueça de jogar no mix os parentes com suas sugestões. Finalmente, você decide o nome. Agora você precisa chamar seu bebê por este nome. Que estranho! Você tem alguém novo na sua vida cujo nome você escolheu e agora precisa se acostumar a chamá-lo por aquele nome – a vida inteira.

5. Responsabilidade
A gente sabe que ter filhos traz um monte de responsabilidades. Sabemos, mas nunca tivemos que lidar com isso até eles chegarem.

6. Mudando o seu nome
Até o  bebê nascer, você era conhecido como João, Pedro ou Marcelo. Mas ele mudou tudo, e sem dizer uma palavra. Agora você tem que se acostumar a ser chamado de “pai”, sem virar a cabeça a procura do seu quando isso acontecer.

7. Pressão do tempo
Com um bebê em casa, parece que 24 horas não são suficientes para um dia. Parece que estamos numa corrida constante por algum fôlego e “tempo sozinho”. Pra conseguir algum tempo livre, você tem que se tornar cada vez mais eficiente pra concluir suas tarefas. Com o tempo, você vai conseguir preparar a comida do bebê, responder e-mails e trocar fraldas mais rapidamente, pra poder se barbear por mais alguns minutos.

8. Relacionamento
Você e sua mulher quase não vão mais conversar. Dificilmente estarão no mesmo ambiente ao mesmo tempo. Se ela estiver com o bebê, você fará as compras, se você estiver alimentando o bebê, ela estará arrumando a casa.

Ter um filho é uma das melhores coisas que podem acontecer a um homem. Prepare-se mentalmente o quanto puder e você irá se sair bem!


Danilo Barba