10 Games mais populares antes do PC Sega, Atari ou Nintendo? Descubra quais eram os consoles mais desejados quando o computador pessoal ainda nem existia gplus
   

10 Games mais populares antes do PC

Sega, Atari ou Nintendo? Descubra quais eram os consoles mais desejados quando o computador pessoal ainda nem existia

Confira Também

Desde Pong e Pac-man, os videogames deram um salto gigantesco em termos de tecnologia e qualidade de imersão. Hoje temos jogos de altíssima definição com gráficos 3D e qualidade sonora de cinema. Mas muitos consoles tiveram que nascer e morrer até que chegássemos aqui. 

Em 1967, Ralph Baer lançou o primeiro videogame da história, o jurássico Brown Box, que trazia seis tipos de game na memória: ping-pong, tênis, handebol, vôlei, jogos de perseguição e tiro. Mas menos de uma década depois, o mundo veria diversos modelos passarem nas mãos da molecada, que sequer podia sonhar com os computadores pessoais. Estes só chegariam em 1985, com o lançamento do Macintosh, e mudariam para sempre o universo dos games. 
Confira a seguir os dez consoles mais populares dos anos 80 e mate a saudades da época em que jogar em rede era entre no máximo dois players!

1. Magnavox Odyssey (1972)
Primeiro console a fazer sucesso em todo o mundo. Muitos o consideravam analógico por ser adaptável às televisões analógicas(embora fosse digital) por seu avançado sistema ser mal entendido pelos usuários da época. A Magnavox chegou a processar a Atari por plágio do seu game Pong. A lista completa incluía 28 jogos.

2. Atari Sears Tele-Games Pong System (1975)
Rejeitado por boa parte dos fabricantes, o sistema Pong foi finalmente aceito pela Sears/Roebuck, que arrematou 150 mil exemplares para o Natal de 1975. Montado pela Atari, o sistema passou a ser desejado pelos primeiros gamers, a ponto de eles fazerem filas de dobrar esquinas na manhã do seu lançamento.

3. Fairchild Channel F (1976)
O primeiro videogame da segunda geração de consoles: aqueles que podiam ser reprogramáveis. Finalmente, com o novo sistema de cartuchos, os jogos podiam ser vendidos separadamente.

4. Atari 2600 (1977)
Projetado por Jay Miner, foi lançado em 1977 nos Estados Unidos, mas chegou ao Brasil só em 1983. Um símbolo cultural do anos 80, ele também usava fitas, mas a recordação de seus jogos permanecem na memória de todo mundo que era jovem na época. Custava 199 dólares e tinha apenas 9 títulos iniciais. Há inclusive um emulador gratuito on-line pra matar a saudade: http://javatari.org/

5. Philips Odyssey 2100 (1978)
Versão melhorada do 2001, utiliza o chip semicondutor MM-57186N. Entre os jogos mais tops do modelo estavam Tank Battle e Helicopter. Com mais três títulos, sendo que todos ofereciam modos e opções diferentes, o Odyssey 2100 combinava um total de 23 variações de jogo. Imagine o que era ter 23 jogos de uma vez só em 1978!



6. Intellivison I(1979)
Precursor de diversas tecnologias inovadoras usadas até hoje em consoles atuais. O Intellivision I da Mattel marcou a chegada dos microprocessadores ao universo dos videogames. Além do GI1610 de 16-bits, o console podia ser convertido em computador (trazia teclado numérico), além de trazer o PlayCable, um cartucho que permitia que o usuário “baixasse” o jogo via TV à cabo e jogasse on-line

7. Atari 5200 (1982)
Depois de um Intellivision, a Atari não poderia ficar calada. Dois anos antes do Grande Crash dos Videogames, o substituto do Atari 2600 foi lançado com inúmeros clássicos do fliperama em cartucho (Pac-man, Megaboy cart, Pitfal!). O Atari 5200 foi um fracasso de vendas, mas manteve o nome da companhia vivo até 1990. 

8. Sega SG-1000 (1983)
Irmão mais velho do Master System, o console de 8-bits marcou a tímida entrada da Sega no mercado de videogames. Com processador clone do Zilog Z-80 de 3,58 Mhz, ele tinha menores possibilidades de cores que o Master (apenas 16, comparadas às 64 cores deste), porém a mesma quantidade de memória de vídeo: 16 kb. Bombou na Austrália e no Japão.

9. Nintendo Entertainment System (NES) (1983)
O videogame de maior sucesso comercial da época ajudou a indústria a se recuperar da crise com seu lançamento em 1983. Hoje um clássico, o NES estabeleceu novos padrões que passariam a ser seguidos por vários outros consoles. Títulos exclusivos do nível de Contra (Konami), Mega Man (Capcom) e o sucesso absurdo de Super Mario Bros. (que vendeu 40 milhões de cópias), renderam à Nintendo a liderança do mercado por uma década inteira.

10. Super Cassette Vision (1984)
O último videogame a ser lançado no ano em que a Microsoft lançou o Windows e Steve Jobs vendeu mais de 50 mil unidades do Macintosh (que ainda venderia mais 500 mil em 1985) foi produzido pela japonesa Epoch e, apesar do nome, utilizava cartuchos. Com apenas quatro botões no controle, ele trazia gráficos mais refinados que os do Atari 2600: entre seus games mais consagrados estão Dragon Ball, Pole Position e Punch Boy.