Sexólogos falam sobre sexo anal Por trás é mais gostoso? Especialistas revelam os mistérios de um sexo anal livre de dor e cheio de prazer gplus
   

Sexólogos falam sobre sexo anal

Por trás é mais gostoso? Especialistas revelam os mistérios de um sexo anal livre de dor e cheio de prazer

Confira Também

Cerca de metade de todos os homens e mulheres já fizeram sexo anal, de acordo com um inquérito de saúde sexual nacional do Instituto Kinsey da Universidade de Indiana, nos EUA. Mas "fazer" e "desfrutar" são duas coisas bem diferentes. E, para muitos casais, o desconforto — ou mesmo dor severa — associados a sua primeira tentativa, os assustou tanto que não querem tentar uma segunda vez.

"O sexo anal dói para um monte de mulheres", explica a sexóloga da Men’s Helth e autora do livro “Good in Bed Guide to Anal Pleasuring”, Debby Herbenick. Ela conta que cerca de 70% das mulheres que entrevistou para uma pesquisa relataram ter sentido dor durante o seu mais recente episódio de sexo anal. "Se uma mulher diz que não está interessada porque tentou fazer e doeu, ou está com medo de doer, leve isso em consideração", recomenda a sexóloga. Se você não quer fazer parte dessa massa, siga as instruções da especialista abaixo sobre como proporcionar prazer para a mulher sem provocar dor no sexo anal.

1) Converse. Abordar o assunto de anal no momento errado pode fazer a gata pensar que você está insatisfeito com sua vida amorosa atual. Mesmo se isso for verdade, espere o momento oportuno onde ambos estejam a sós e relaxados — depois do jantar ou de uma boa noite de sexo. "Certifique-se de que sua parceira sabe o quão feliz você está em sua vida íntima", aconselha Debby. Quando ela manifestar interesse em fazer anal, diga que antes seria melhor conversar sobre seus medos. "Isso é fundamental para ambas as partes serem capazes de relaxar e desfrutar da experiência", acrescenta a escritora.

2) Não beba. "É melhor tentar sexo anal enquanto completamente sóbrios", afirma ela. Mas por quê? Você precisa estar ligado nas reações da gata na hora H e avaliar com precisão se ela está confortável e como está sendo a experiência. "Pare imediatamente se ela disser para parar, e cheque com ela durante o ato para se certificar de que está realmente tendo prazer", recomenda a especialista.

3) Tomem banho juntos antes de transar. "Tome um banho com sua parceira e lavem um ao outro, especialmente suas regiões inferiores”, aconselha Ava Cadell, médica de sexualidade humana e autora do “NeuroLoveology”. Segundo ela, uma boa tática é gastar um tempo extra ensaboando e acariciando o ânus da garota. "Esta é uma ótima maneira de excitá-la com a ideia de ser tocada lá atrás", conta Ava. A limpeza profunda também vai ajudar você a se sentir mais confortável com sua incursão no sexo anal.

4) Peça permissão para fazer. Mesmo que vocês tenham concordado em tentar o anal, não assuma que isso vai acontecer logo na próxima vez que transarem de novo. Pergunte se ela está pronta e disposta antes de começar a brincadeira, indica a médica.

5) Lubrifique a região. Uma pesquisa feita em sala de aula por Debby revelou que diversas pessoas que tentam anal não usam nenhum lubrificante. "Não é de se admirar que dói!", afirma ela. Para garantir que tudo corra bem, a sexóloga recomenda o uso de um lubrificante à base de água ou silicone para reduzir a dor e evitar machucados na região — tanto em você como nela.

6) Excite-a primeiro. Pra começar, tente penetrá-la com apenas um dedo. (E mais uma vez, não negligencie o lubrificante!). Quando a gata der o sinal verde, passe para dois dedos, seguido de um pequeno brinquedo sexual ou seu pênis. Isso a estimulará com as novas sensações enquanto se prepara para o ato principal. Deixe ela se acostumar com a ideia antes de tentarem qualquer coisa, e todo dia antes de dormir toque a região. Além disso, na hora da penetração, tente várias posições até achar a ideal para ela, sugere Debby.