As regras do sexo oral Descubra o que passa na cabeça delas quando estão te dando prazer com a boca – e saiba o que fazer para que não seja a última vez gplus
   

As regras do sexo oral

Descubra o que passa na cabeça delas quando estão te dando prazer com a boca – e saiba o que fazer para que não seja a última vez

Confira Também

Poucos homens na face da Terra recebem sexo oral com a frequência que julgam ideal. Mas será que é porque as mulheres realmente odeiam nos conceder este prazer inigualável?

“Algumas odeiam, mas não é a maioria. Se ela não curte geralmente é por causa de alguma experiência ruim. Talvez no passado ela teve um parceiro que forçou a barra, ou fez a fez se sentir mal enquanto fazia sexo oral”, sugere Jennifer Robberts, australiana por trás da grife Inappropriate Apparel. “Às vezes elas são muito envergonhadas ou não se acham boas nisso. Pessoalmente consigo fazer deepthroat, mas algumas mulheres simplesmente engasgam com uma escova de dentes!”

“Mulheres que fazem sexo oral pensando primeiro em si mesmas aproveitam seu tempo explorando o corpo do parceiro, e acabam gostando muito mais. Não dá pra rolar sendo uma obrigação ou quando ela não está afim”, garante Melissa Danielle, coach de saúde e relacionamento. Talvez ela precise investir um tempo aprendendo como se faz direito, propõe Chrystal Chandeliere, escritora de histórias eróticas norte-americana. “Não assuma que ela odeia fazer sexo oral, ou odeia você, só porque sempre recusou. Provavelmente é porque está insegura com essa questão. Você precisa ser paciente, gentil e positivo com ela.” 

Veja a seguir algumas dicas que elas deram com exclusividade ao AreaH para manter a etiqueta e tornar o sexo oral mais prazeroso!

1) Dê uma aparada nos pubianos e mantenha a higiene. Você não precise raspar ou depilar, mas pelo menos aparar um pouco, tirar volume, entende? Ninguém gosta de pentelhos no nariz ou nos olhos. Higiene pessoal deve ser o primeiro passo para o sexo oral. Tome um bom banho! Não use perfumes ou colônias carregadas na região, porque quando se está com o rosto lá embaixo, a fragrância “azeda” de tão concentrada. 

2) Ensine ela a fazer do jeito que você gosta. Mulheres não leem pensamentos: às vezes é você que tem que falar e mostrar o caminho; obviamente, SEMPRE respeitando seus limites. “Por natureza as mulheres gostam de dar prazer, então não tenha pressa, pois ela vai ficar feliz em aprender a te dar prazer”, observa Jennifer. Ela confessa que o que mais curte é ter o controle da situação. “Se a mulher consegue fazer um bom sexo oral, ela basicamente controla o relacionamento”, destaca. Melissa concorda, lembrando que por ser uma coisa extremamente íntima e vulnerável, “sabemos que podemos manipular as pessoas em torno de sua vulnerabilidade: o poder se encontra em nossa habilidade de usar a vulnerabilidade como veículo para criar uma conexão emocional mais profunda, e aumentar o prazer.”

3) Jamais force a penetração. Deixe ela decidir o ritmo e a profundidade. “Não há nada pior para uma mina do que fazer sexo oral num cara e ele ficar tão animado que tenta afundar sua cabeça até você sentir vontade de vomitar”, salienta Chrystal. Seja paciente. “Confiança no sexo leva tempo para se construir. Elogie mesmo se não estiver muito bom, pois criticá-la neste momento vai prevenir que ela tenha vontade de fazer de novo”, alerta . Se você pretende mudar o ritmo ou profundidade, seja paciente e pergunte primeiro se a gata gostaria de tentar ir adiante. “Nada dá mais prazer ao homem do que ver sua parceira fazendo oral com vontade!”

4) Permissão para gozar. Não presuma o tal do “final feliz”, porque ele assim será apenas se você não enganar a outra parte. Seja um cavalheiro e peça primeiro: não deixe pra tocar no assunto quando estiver praticamente chegando lá. Sacanear quem está te proporcionando prazer não é coisa de homem. “A maioria das mulheres engole? Sim”, confessa . Mas isso acontecer porque ELA QUER, não porque você pode forçá-la”, conclui Richardson-Hall.