Estádio Mané Garrincha pode ser alugado por apenas R$ 39 Reforma do estádio que participou da Copa do mundo de 2014 custou R$ 1,7 bilhão gplus
   

Estádio Mané Garrincha pode ser alugado por apenas R$ 39

Reforma do estádio que participou da Copa do mundo de 2014 custou R$ 1,7 bilhão

Confira Também

O estádio Mané Garrincha é um dos mais bonitos e imponentes do Brasil. Participou da Copa do Mundo de 2014 e custou incríveis R$ 1,7 bilhão, segundo o Tribunal de Contas do Distrito Federal. A capacidade é de até 72 mil pessoas, mas recentemente nem chega nem perto disso. 

Vendo todas essas características você deve imaginar que para bater uma bolinha lá seja necessário desembolsar uma grana que quase nenhum mero mortal tenha. Mas é exatamente aí que você se engana. Recentemente foi divulgada uma foto dos custos de aluguel da partida entre Brasília e Formosa, pelo campeonato do Distrito Federal, e o aluguel custou apenas R$ 39.

Naquela partida compareceram 71 pagantes, gerando uma renda de R$ 260 reais. Ou seja, se não tivesse custos com arbitragem, ambulância e outros custos obrigatórios em um jogo profissional, seria possível ter lucro com 71 ingressos vendidos.

Se compararmos com algumas quadras de society disponíveis para aluguel em São Paulo, a comparação chega a ser injusta. Dependendo do bairro, uma hora pode custar até R$ 600.

Mas não é apenas para eventos de futebol que serve o Mané Garrincha. Ele já recebeu festa de gestantes, festival de cerveja, colação de grau de faculdade e outros. Porém, para nesses casos, o preço já é bem mais salgado, podendo passar dos 160 mil reais.

Após a ESPN publicar a foto com o valor do aluguel, a assessoria da Federação de Futebol do Distrito Federal enviou uma nota de esclarecimento, confira: 

"Em virtude da matéria veiculada pelo portal espn.uol.com.br, no dia 4 de abril de 2017, nós, da Federação de Futebol do Distrito Federal - FFDF -, juntamente dos seus clubes filiados, entendemos que é necessário a abertura do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha para os clubes da capital do país mandarem seus jogos. Caso contrário o espaço ficará inutilizado para o futebol. Além disso, todas as taxas são cobradas e legalmente aplicadas em forma de decreto. Em pronto reconhecimento, a FFDF e os clubes filiados, veem, por intermédio desta, agradecer ao Governo de Brasília, pelo empenho em abrir as portas para a utilização da Arena de Copa do Mundo, a fim de fomentar o futebol do Distrito Federal. Cremos que a medida foi tomada por conhecer a realidade da modalidade em âmbito local. Sendo assim, pedimos ao conceituado veículo de comunicação, ESPN, que publique tal nota, com o intuito de informar aos milhões de apaixonados por esporte que possam entender a realidade dos fatos."