O que é a doença de Peyronie e quais são as formas de tratamento A doença, que é pouco falada, pode afetar a vida do homem se não tratada corretamente gplus
   

O que é a doença de Peyronie e quais são as formas de tratamento

A doença, que é pouco falada, pode afetar a vida do homem se não tratada corretamente

Confira Também

Acabou o tempo em que o homem não cuidava da saúde, achava que não era necessário ou até mesmo tinha receio de ir ao médico. Hoje em dia, com consultas regulares, é possível descobrir doenças precocemente, tratá-las e viver com qualidade de vida.

Alguns males, no entanto, por não serem muito comuns, acabam sendo pouco falados. Um deles é a Doença de Peyronie, que atinge uma porcentagem relativamente baixa dos homens. Essa doença é um distúrbio do tecido conjuntivo devido ao crescimento de placas fibrosas no tecido peniano, que causa uma curvatura acentuada do pênis. Não há uma idade específica para o aparecimento desse problema, apesar de ser mais comum entre homens acima de 40 anos.

LEIA TAMBÉM

A doença tem como característica uma cicatriz no tecido que cobre o mecanismo de ereção do pênis, e com o passar do tempo, essa "placa" construída faz com que o órgão genital tenha menos elasticidade e o problema seja percebido pela "deformidade" do pênis quando ereto.

Alguns estudos indicam que o surgimento desta síndrome pode acontecer devido a diversas causas, como microtraumas causados durante as relações sexuais, hereditariedade, ou até mesmo pacientes que têm predisposição para desenvolver o crescimento de cicatrizes que causam a curvatura.

O DIAGNÓSTICO 

O diagnóstico preciso é feito por um médico urologista, mas o paciente pode observar sinais do problema. Os principais sintomas são: dor no pênis quando está ereto, nódulos palpáveis ao longo do membro, curvatura que dificulta a relação sexual, e início da disfunção erétil.

Porém, mesmo que alguns destes sintomas apareçam, nem toda microlesão ocasiona Doença de Peyronie, por isso a grande importância de consultar um médico especialista.

TRATAMENTO

A doença tem como tratamento inicial o uso de anti-inflamatórios com administração via oral, além de eventuais remédios injetáveis. Em casos mais graves, é necessária a realização de um procedimento cirúrgico para correção da curvatura.

POR QUE "PEYRONIE"?

A doença ganhou este termo porque o cirurgião francês François Gigot de La Peyronie foi o primeiro a descrever de forma mais minuciosa a doença, publicação que esteve no primeiro volume da “Mémoires de l’Académie Royale de Chirurgie”. Por esse motivo, o distúrbio leva seu nome.