Transe como um rock star Saiba como tratar uma mulher quando o sexo é casual e veja o que os astros têm a dizer sobre isso. Experiência é o que não falta! gplus
   

Transe como um rock star

Saiba como tratar uma mulher quando o sexo é casual e veja o que os astros têm a dizer sobre isso. Experiência é o que não falta!

Confira Também

Por Danilo Barba

Enquanto o sexo casual sempre foi criticado pela mídia e conservadores, a vida de um músico em turnê tem isso em abundância. Sexo casual não precisa ser desprovido de emoção, ao contrário: dormir com uma nova pessoa significa enfrentar medos e fantasias de ambos, negociar poder e autoridade. Você tem que se concentrar no prazer com o corpo e a mente no presente.

Transar casualmente não é algo sem sentido só porque não há um futuro com um parceiro específico. Pra provar isso, e aproveitando a vasta experiência da turma, a revista Playboy norte-americana perguntou a diversas estrelas do rock como eles tratam as mulheres com quem se relacionam casualmente. Se você curte e acha que a prática te faz bem, veja como os astros do rock pensam quando o assunto é relacionamento sem compromisso.

1) Seja você mesmo
Uma ótima forma de atrair qualquer um é transpirar confiança, ser sincero e simplesmente ser você. Quando uma mulher sente que o cara está sendo verdadeiro, as chances de ele ir pra cama com ela são bem maiores. Portanto, destaque seus pontos fortes sempre, seja o seu grande senso de humor ou suas atitudes e charme. "É tão simples como se apresentar a alguém. Se ela responder a sua apresentação e se apresentar de volta, você tem meio caminho andado", sugere Sid Wilson do Slipknot. 

2) Não tenha medo de se comunicar
Quanto mais claro você for ao se comunicar, mais à vontade ambos se sentirão tanto fisicamente quanto psicologicamente. Para algumas pessoas pode ser difícil falar sobre sexo, então aborde o assunto mostrando cuidado, compaixão e empatia. Fale com clareza o que você quer e quais são suas expectativas — se a perspectiva de sua parceira for diferente de suas intenções, bola pra frente! O objetivo é ter um grande momento e ir embora se sentindo bem para não criar constrangimento ou vergonha. Para Ryan Shuck, fundador da banda Orgy, se rolar algo mais do que sexo, isso deverá ser uma decisão em conjunto. “Se eu me envolver com uma mulher que verbaliza ou de alguma forma demonstra mais do que isso logo de cara, falo imediatamente para ela”.

3) Seja aberto a respeito do que você quer
A conversa não precisa ser muito explícita. Embora o flerte ocasional e a interação já indiquem intenções, é muito importante ser claro sobre o que queremos ou não. Não há nada de errado em querer“uma noite e nada mais”: deixe que a gata saiba que você está buscando apenas um pouco de diversão para a noite. Expresse isso da forma que se sentir mais confortável — só não deixe de expressar antes de ir pra cama. "Seja presente e curioso. Faça perguntas e enquanto ela responde, ouça. Ela falará claramente se você a ouvir", recomenda Tommy Vext, cantor de heavy metal da banda Snot.

4) Mantenha suas expectativas realistas
Para evitar decepções, mantenha suas exceções realistas. Concentre-se no presente e tenha um bom momento com a pessoa que você acabou de conhecer. Se algo se concretizar depois deste encontro, ótimo. Se isso não acontecer, pelo menos você se lembrará com carinho desse dia. Administrar suas expectativas não só a respeito de um possível relacionamento de longo prazo, mas também sobre a qualidade do sexo, é uma necessidade. É óbvio que uma nova parceira não saberá quais são suas preferências sexuais. Então, descomplique a coisa; afinal, quem falou que não dá pra se divertir e manter o futuro em aberto? Carla Harvey, cantora da banda americana de heavy metal Butcher Babies, sugere: “Você precisa ler as pessoas antes de começar a ter relações sexuais com elas. Muitas mulheres vão a shows e aos bastidores com expectativas irreais. A música é uma coisa muito poderosa e muitas destas mulheres são emocionalmente frágeis”.

5) Respeite todos os envolvidos
Mesmo que o sexo seja casual, isso não quer dizer que você precisa tratar a outra pessoa com menos respeito. Obviamente tudo que rolar deve ser consensual, mas pra ser legal ela deverá ter espaço pra tomar decisões proativas sobre o encontro. Respeite os limites da gata: se ela diz que certos atos ou áreas estão fora de cogitação, não force a barra. Lembre-se que um homem saindo de um apartamento no início da manhã é sem dúvidas visto de forma diferente de uma mulher saindo de manhã com o vestido de ontem à noite e o cabelo bagunçado. Faça com que sua parceira se sinta confortável, confiante e segura de que será respeitada durante o sexo. Segundo Vet, é bobagem se preocupar com a rejeição. “Não fique chateado se ela não quiser — seja indiferente. Deixe-a decidir e seja a decisão qual for, respeite-a. A confiança vem quando você não tem nenhum investimento emocional no resultado. Apenas encare a experiência com a vontade de deixar a experiência acontecer, qualquer que seja o resultado.”

6) Gozou? Então seja legal
Depois do sexo, o que vem? Um bom momento, se você se permitir permanecer nele. Fale o que está pensando, reflita sobre o que você gostou, por que está atraído por ela e o que está sentindo. É perfeitamente possível continuar saindo às vezes ou não. Cabe a você decidir se vai manter contato ou simplesmente apertar as mãos e seguir seu caminho. Apenas mantenha o papo aberto entre vocês para ter certeza de que estão na mesma vibe. “Não aja de forma estranha ou fique completamente calado”, alerta Sid Wilson do Slipknot. “Deixe que ela saiba o quão incrível foi e se reencontrem de novo, se for o caso. A menos que o sexo não tenha sido bom; nesse caso, você precisa ser mais prático. Pense: você deveria estar feliz e sem estresse...você acabou de transar!”