5 dicas para quem quer começar a trabalhar como freelancer Com a alta taxa de desemprego no mundo, muitos têm recorrido à carreira de freelancer gplus
   

5 dicas para quem quer começar a trabalhar como freelancer

Com a alta taxa de desemprego no mundo, muitos têm recorrido à carreira de freelancer

Confira Também

A quantidade de pessoas desempregadas ao redor do mundo está realmente muito alta. A crise prejudicou muitas empresas, que se viram obrigadas a demitir muitos funcionários, com o intuito de cortar alguns gastos. E quem sai perdendo muito com isso são os trabalhadores, que se vêm obrigados a sair por aí mandando currículo novamente.

Porém, muitas pessoas resolveram achar uma outra solução. Ao invés de ficar que nem maluco atrás de um emprego fixo, optaram por começar a trabalhar de freelancer. Essa opção traz algumas vantagens e outras desvantagens. Não ter uma carteira assinada pode ser mais confortável, trabalha no momento que quiser, não precisa ficar batendo ponto, entre outras vantagens. Por outro lado, a segurança é muito menor, já que em alguns momentos, ao não encontrar nada, o trabalhador não recebe.

Se você está pensando em ingressar na vida de freelancer, veja essa dicas antes de começar:

1. Prepare-se financeiramente para o início
Como dito anteriormente, ser freelancer te dá uma segurança menor. Você pode passar por alguns momentos mais conturbados e não conseguir nenhum trabalho e, consequentemente, nenhum dinheiro. Portanto, é bom guardar uma reserva para esses momentos de aperto, especialmente no começo, quando você ainda não tem muitos conhecimentos como é a vida de Freelancer. Com o tempo as coisas vão melhorar. Veja como gastar menos do que ganha.

2. Tenha um espaço adequado para trabalhar
Se você for fazer seu trabalho todo (ou grande parte) de casa, é muito importante ter um lugar especial para isso. Se você for trabalhar no seu quarto, ou na sala, as chances de distração são muito maiores, além do que não é nada bom para sua saúde - especialmente para sua coluna. Veja aqui algumas dicas para montar seu Home Office.

3. Controle bem suas despesas
Não é só o salário que deixa de ser fixo quando você começa a trabalhar como freelancer, seus gastos também. É muito normal aumentar a conta de luz, internet e telefone, já que você passará a gastar isso da sua casa, e não mais do escritório. Então procure sempre se organizar com relação a isso, se possível, crie uma planilha para te ajudar a controlar os gastos e o quanto você ganhou.

4. Crie uma rotina de trabalho
Não ter horário certo de trabalho pode ser muito legal, poder acordar no horário que bem entender, não precisar bater ponto. Entretanto, não se acostume com isso, pois fará com que seu rendimento caia drasticamente. Portanto, mesmo que não cumpra perfeitamente, crie uma rotina de trabalho. Se organize para trabalhar entre tal hora e tal hora, e mais crie metas diárias para te manter ativo. Veja aqui algumas ideias simples para te tornar mais produtivo no trabalho.

5. Crie parcerias
Ao trabalhar de casa, a tendência é você se encontrar menos com possíveis clientes. Trate de não deixar isso acontecer. Quanto mais parecerias você tiver, mais chances de conseguir trabalhos. Alguém que confie em você, e já conheça seu estilo de trabalho, com certeza irá te chamar quando precisar de alguma ajuda. Se você ficar trancafiado em casa, cada vez menos as pessoas irão te chamar para trabalhar com eles.