10 razões para amar as baixinhas Mulheres altas chamam atenção, mas as pequenas têm um lance especial. Defendemos o amor às baixinhas em 10 motivos gplus
   

10 razões para amar as baixinhas

Mulheres altas chamam atenção, mas as pequenas têm um lance especial. Defendemos o amor às baixinhas em 10 motivos

Confira Também

Por Marcel G Costa


Homem que é homem gosta de mulher, independente de tamanho, cor, credo ou classe social. Mas dentro deste maravilhoso universo feminino, existe um grupo que nos deixa nas nuvens (literalmente), são as mulheres baixinhas. Tem como não amar? Para esta pergunta eu não tenho resposta. Mas eu conheço pelo menos 10 razões para você amar as baixinhas. E muito. Vamos a elas:

# Você não precisa ser um poste
Vamos ser honestos, 90% dos homens se sentem desconfortáveis ao lado de uma mulher muito maior que ele. E muitas mulheres também são reticentes na hora de ficar com um nanico, por isso as baixinhas são tão lindas, porque você sempre será maior que elas. E quando você estiver andando de mãos dadas com a sua, as pessoas não ficaram olhando e achando estranho. 

# É fácil carregar no colo
Imagine-se na seguinte situação: você está com a Ana Hickmann em seus braços, e precisa ultrapassar uma porta. Acredite meu caro amigo, se não for uma porta bem grande não será uma missão simples. Agora com mulheres baixinhas não tem erro. Elas encaixam perfeitamente em seus braços, e você pode carregá-las sem grandes esforços, seja bêbado após o casamento, seja para socorrê-la ou para leva-la pra cama, essa missão será bem mais fácil.

# Melhor flexibilidade na hora do “vamo vê
Não estou afirmando que mulheres altas são menos flexíveis, mas sejamos honestos, as baixinhas têm mais facilidade, não é à toa que a maioria das grandes ginastas são pequeninas. 

# São mais femininas
Pois é garotas altas, antes que vocês me crucifiquem, deixe-me explicar a parada. Existem alguns estudos que indicam que o estrogênio, um hormônio relacionado ao desenvolvimento de características femininas freia o desenvolvimento dos ossos, e com isso entende-se que quanto menor a garota, mais estrogênio. 

# Tem mais facilidade para chegar ao orgasmo
Mais uma vez é a ciência que fala. Uma pesquisa comprovou que quanto menor a distância entre o clitóris e o canal vaginal maior a probabilidade de chegar ao orgasmo. E sejamos honestos, isso facilita um bocado nosso trabalho. 

# Despertam o nosso instinto protetor
Se a ciência explica essa eu não sei, mas definitivamente eu falarei por mim. Mas o fato de estar com aquela mulher, linda, baixinha e delicada é o suficiente para que um sinal de alerta acenda em meu cérebro. Com certeza irei querer protegê-la, seja de uma barata (que eu me cago de medo), de uma poça d'água em um dia de chuva, ou quem sabe até de uma bala ( não sei se é exagero), independente do que seja, nosso instinto protetor é ativado automaticamente, o que é curioso devido ao próximo tópico...

# Elas têm fama de invocada, o que é um charme extra
Elas podem até negar, mas se existe uma baixinha que não é invocada esta ainda não cruzou meu caminho. As baixinhas não levam desaforo pra casa, e dificilmente abaixam a crista para um adversário muito maior, elas vão pra cima mesmo, no melhor estilo David e Golias. E quer saber, isso é um charme extra, mesmo quando o Golias é você.  

# Elas encaixam perfeitamente quando deitamos de conchinha
Podem me chamar de machista, mas eu vejo como carinho e instinto. Quem tem que aquecer e cobrir por inteiro a companheira é o homem, e já era! Caso a gata seja muito maior que você, a probabilidade de você estar no lado de dentro da conchinha é assustadoramente maior.

# Não ficam mais altas de salto
Atire a primeira pedra o homem que não gosta de ver uma mulher com salto. Eu duvido que exista um. Elas ficam sexy, charmosas, elegantes, e com a bundinha empinadinha em um salto. Mas isso pode se tornar um problema para a maioria das mulheres, pois ao colocar o salto elas podem ficar maiores que seus parceiros, mas adivinhem, a não ser que namore um anão, as baixinhas não terão esse problema.   

# É mais fácil “brincar” no carro
Essa eu vou deixar por conta da imaginação de cada um, mas há muitas coisas que você não poderia fazer em um Ka, Uno ou Mini (para os mais abastados) com uma mulher alta, mas acredite com um baixinha da pra arriscar até em um Smart.