A calça jeans ideal Ela é adorada pelas brasileiras e dá certo para todos os corpos. Mas é preciso cuidado na hora de escolher o modelo. gplus
 
 
 

A calça jeans ideal

Ela é adorada pelas brasileiras e dá certo para todos os corpos. Mas é preciso cuidado na hora de escolher o modelo.

A calça jeans é peça indispensável no guarda-roupa de qualquer mulher. Além de muito democrático, pois combina com todo tipo de corpo, ele  é confortável e cai bem em 90% das ocasiões. Por isso, ter jeans nunca é demais, mas fique esperta, apesar de democrático, existe sempre modelos que caem melhor para você. Escolher a modelagem certa pode ser a diferença entre valorizar o que você tem e escancarar aquilo que você mais quer esconder. Seguem algumas dicas da calça correta para cada tipo de corpo:

Bunda pequena?
O ideal são as lavações claras, além de calças mais ajustadas e com tecido mais fino, que valorizam o pouco que Deus lhe deu, pois delineiam mais as curvas do bumbum. Se além de pouco bumbum, você também for magra, nada melhor do que abusar da cintura mais baixa, mas não muito, nada estilo funkeira, afinal isso não cai bem para ninguém, né.

Bunda grande?
As mais bundudas que querem disfarçar é usar e abusar de calças mais soltinhas, como, por exemplo, Sarueis e Boyfriends , que, além de tudo, funcionam muito bem no corpo da mulher brasileira. Modelos que dão o efeito de bunda achatada também funcionam, para isso, escolha tecidos com pouco elastano e jeans mais grossos. Além de lavações escuras e com bolsos grandes, que também ajudam muito neste caso.

Pneuzinhos?
Se você é do tipo mulher normal, nem alta, nem baixa, nem gorda, nem magra, mas ainda lhe restam aqueles pneuzinhos laterais, o ideal é apostar em calças com cós largo, levemente mais altas que as utilizadas pelas magrelinhas. Calças muito justas não são recomendadas, principalmente quando o tecido é bem fino, pois elas podem marcar culotes e pneus. O cós baixo é um grande inimigo da barriguinha, geralmente estas calças marcam logo abaixo da barriga, fazendo a pobrezinha pular para fora!

Acima do peso?
Calças com um cós mais alto são ideais para as mais cheinhas. Elas geralmente têm um recorte mais solto na coxa e nas panturrilhas, o objetivo é dar mais conforto, além de evitar que elas fiquem muito apertadas e te façam parecer mais cheinha do que você realmente está.

Baixinha?
As baixinhas passam a ilusão de serem mais altas quando vestem calças quando usam peças mais ajustadas. Este é o truque mais simples, a regra é não quebrar a silhueta, sendo proibidas capris e calças na altura da canela. As skinnys não são proibidas, mas ficam melhores para mulheres mais magras e altas. Se você gosta do modelo, o ideal é mesclá-lo com uma blusa mais soltinha para não aparentar ser mais gordinha e mais baixinha.

Skinny fica bem pra todo mundo?
As regras para o bom uso da calça skinny são: Observar se a calça marcando o culote, uma calça com tecido mais grosso pode resolver. Observar se a calça esta marcando a sua barriguinha, uma calça com o gancho mais altinho pode resolver.   Observar se a calça esta marcando o seu pneuzinho lateral, uma calça com o cós largo pode resolver.

Cós baixo pode?
Depende. Apesar de ser ainda o preferido das brasileiras, as estilistas consultadas afirmam que cada dia menos o cós baixos é encontrado nas pesquisas de tendências. De qualquer forma, ele não é recomendado para mulheres com barriguinha, pois marca muito. Outro porém é que ele deve ser utilizado apenas para momentos que permitem um estilo despojado e casual.

Veja algumas opções de calças, com certeza uma delas combina com seu corpo:
Galeria

As dicas foram elaboradas com base em entrevistas com Marília Securato, estilista da Equus e com as equipes de estilo da Dzarm e da Damyller.