Os segredos da dieta sem fome As tentações contra sua dieta andam fortes? Há como matar a fome que bate nos momentos mais cruciais sem sair dos trilhos. gplus
   

Os segredos da dieta sem fome

As tentações contra sua dieta andam fortes? Há como matar a fome que bate nos momentos mais cruciais sem sair dos trilhos.

Confira Também

Se para uma mulher já é difícil se animar durante uma dieta, imagine só o quão pior é esta realidade para um homem. Comer feito um ogro é mais que um luxo para alguns de nós: é uma necessidade chamada fome. Mas, assim como as mulheres, há horas em que a pança incomoda, então é chegada a hora de perdê-la.

É aí que a vaca começa a ir para o brejo: pratos balanceados, pouca gordura, nada de junk. Pois, se as mulheres sofrem com quitutes, doces ou com uma batatinha frita, nós temos FOME. Por quê? "Os homens têm uma necessidade calórica maior que a das mulheres devido à sua composição corporal: eles possuem maior quantidade de massa muscular, que consomem mais energia do que, por exemplo, o tecido gorduroso", revela Carolina Oliboni, nutricionista e especialista em transtornos alimentares.

E dessa forma, poucos são os que conseguem fugir do ataque fulminante às guloseimas gordurosas. Mas, é possível saciar a fome sem recorrer ao velho "tô cheião" de todo pós-almoço? Sim, e sem aquele lanchinho de queijo branco com peito de peru e tomate que dá a impressão de você estar mastigando um guardanapo. Mas, para isso, é preciso seguir algumas pequenas recomendações.

"É importante ter um planejamento alimentar para todo o dia, dividindo o consumo de alimentos ao longo do dia, fazendo refeições completas (café da manhã, almoço, jantar e pequenos lanches intermediários) para que não chegue à nenhuma refeição com uma fome exagerada", explica Carolina.

Ela também lembra que cortar certas substâncias do cardário como os carboidratos é uma prática comum que faz com que a pessoa passe fome e não favoreça seu emagrecimento. Portanto, pães, cereais, arroz e massas devem fazer parte da alimentação em proporções adequadas, orientadas por um nutricionista.



E na hora daquela fome despretenciosa?
"Em geral, alimentos ricos em fibras promovem maior saciedade, como legumes, frutas, verduras, cereais, grãos, pães e massas integrais (que não necessariamente têm menos calorias que as brancas, mas têm uma qualidade melhor do que os produtos vindos de farinha branca). Os alimentos proteicos também contribuem, como carnes, feijões, leite e derivados", explica Carolina. E como sua intenção é a de reduzir as calorias, é necessário escolher as carnes magras, leite e derivados na versão desnatada.

Mas, para o lanche da tarde, temos uma surpresa especial para você: o sanduíche "monster" saudável. Quem dá a dica é a nutricionista Ana Cláudia Montezino, autora do livro Forma Light.

Ingredientes - três fatias de pão integral, beterraba e cenoura raladas, alface americana, queijo branco, damasco, azeite extra-virgem e o que ninguém esperava: damasco e nozes picadas. Tudo isso num lanche só é saudável? Sim. "Você deve montar o sanduiche com a salada entre duas fatias de pão e os frios, a fruta seca e as nozes entre as outras duas. O lanche ficará com três andares. O azeite poderá ser colocado nas duas fatias de pão das pontas e o queijo branco pode ser temperado com sal, se não for salgado", explica Ana Cláudia. Depois dessa dica, nunca mais suas tardes terão a palavra fome. Uma bomba de sabor e tamanho, mas com poucas calorias.

Assaltante de geladeiras
Esse é o pior tipo de homem em uma dieta. E sabe por quê? São os que sempre estão no caminho certo e vivem as maiores privações gastronômicas durante o dia. Mas, no final da noite, colocam tudo a perder. E justamente nesse horário os homens resolvem botar pra quebrar. Então, abra o olho e não a boca: desista dos grandes assaltos e se alimente bem no jantar para não sentir ''fome precoce''. Se não der pra segurar, recorra às frutas.