Os bem dotados do reino animal

Na natureza, tamanho é documento. O órgão reprodutor dos animais pode ser tão exuberante quanto eles mesmos (ou não)!

O assustador King Kong do clássico filme de 1933 é apenas uma fantasia. No reino animal, o macaco gigante tem uma desproporção que o faria virar chacota no mundo real: um pênis de apenas 5 cm!


Embora biólogos e veterinários defendam que na natureza o órgão reprodutor masculino tem tamanho proporcional ao corpo do bicho, algumas espécies quebram a rega, como no caso acima e outros chocam os humanos, como a baleia jubarte que tem o maior documento do reino animal, quando ereto, seu pênis chega a 3,04 metros. 

Sim, você leu certo!

Entre os animais terrestres, o pênis do elefante africano (Loxodonta africana), animal que mede até 8 metros de comprimento, chega a atingir até 1,5 metro (18% do tamanho do corpo do animal).

O tamanho do pênis diz muito sobre as práticas sexuais de uma espécie. Em espécies monogâmicas, os órgãos genitais masculinos costumam ser pequenos em relação ao corpo e sem muitos adornos. Já as espécies cujas fêmeas cruzam com vários machos, os pênis são maiores, e podem vir com “acessórios”, como ranhuras e ferrões. 

Veja o comprimento médio do pênis ereto dos machos de dez espécies:

1 – Baleia Jubarte: 3,04 m
2 – Elefante: 1,52m a 1,82m
3 – Touro: 91 cm
4 – Garanhão: 76 cm
5 – Rinoceronte: 61 cm
6 – Porco: 45 a 50 cm
7 – Gorila: 5 cm
8 – Gato: 1,9 cm
9 – Mosquito: 2mm