gplus
 
 
 

Testículos de silicone e máscaras de beleza em spa de mascotes em Manhattan

NOVA YORK, 21 Mai 2012 (AFP)

Muitos donos de animais acabam se parecendo com eles, mas alguns americanos levam ao extremo o ideal estético, a ponto de dar a seus mascotes máscaras de beleza e até a implantação de testículos.

No spa Downtown Doghouse de Manhattan, Hops, um pequeno maltês acaba de fazer um brushing, uma máscara de mirtilos e uma escovação de dentes com pasta de sabor frango.

O cabeleireiro de animais Ani Corless vê isso como algo absolutamente normal para cachorros de colo. "Essas raças são criadas por humanos e requerem cuidados", explica.

Enquanto lhe aplicam a máscara, Hops vomita um pouco, mas parece apreciar a atenção que lhe dedicam.

Contudo, outras práticas, mais extremas e dolorosas foram alvo de críticas em Nova York.

Segundo a legisladora do estado Nicole Malliotakis, alguns animais são tatuados, colocam brincos ou anéis nas narinas, enquanto outros sofrem operações de cirurgia estética, como lifting ou lipoaspiração.

Dona de dois chiuauas de nome Peanut e Olympia, Malliotakis propôs uma lei para proibir operações estéticas em animais no estado de Nova York, denunciando "uma forma de crueldade".

"Nunca me passaria pela cabeça submeter meus cachorros a qualquer desses procedimentos", explica à AFP. Mas Gregg Miller, fundador da empresa Neuticles, considera que a legisladora exagera.

Sua empresa, sediada em Kansas City (Kansas, centro), se especializou em implantar testículos de silicone em animais castrados.

"Neuticles ajuda seu animal a conservar sua aparência natural e confiança em si mesmo", afirma o site da empresa.

"Atendemos mais de 500 mil animais dos Estados Unidos e de todas as partes do mundo, cachorros, gatos, touros, macacos, ratos, búfalos", enumera Miller.

Os preços oscilam entre 119 dólares pelo par de testículos menores a 599 dólares pelos mais imponentes.

Miller teve a idea de comercializar esses produtos em 1993, quando quis ajudar seu cachorro a superar a depressão posterior à castração.

Em geral, os testículos falsos são implantados apenas se os verdadeiros tiverem sido extraídos.

"Fiz isso com meus cachorros e acho que é maravilhoso", disse à AFP a veterinária de Maryland (leste) Flavia DelMaestro. Apesar de pensar que os cachorros e gatos não ligam para isso, acredita que é bom para a saúde deles.

Para Tazi Phillips, da GlobalAnimal.org, a Neuticles tem uma proposta "ridícula" e é parte de um antropomorfismo sem sentido.

Cita como exemplo os implantes para que as orelhas se mantenham erguidas, a retirada de dentes para evitar que o animal morda e a remoção de garras para evitar que os animais arranhem os móveis.

Os donos de cachorros, sobretudo os da raça doberman, cortam as orelhas e o rabo de seus animais seguindo um certo ideal de beleza.

Outros optam por tatuá-los, colocar piercings, realizar lipoaspirações ou submetê-los a rinoplastias.

"Tudo isso vem do fato de que os animais são considerados cada vez menos como um mascote, mas como um membro da família", destaca.

Os defensores destes tratamentos consideram que eles refletem o amor dos donos a seus animais.

No total, segundo a associação de produtos para animais American Pet Products, o gasto com esses serviços para animais representa 4,1 bilhões de dólares e está aumentando.