Top 10: As pimentas mais fortes do mundo Para o paladar do cabra macho: confira a lista das 10 pimentas mais ardidas do planeta. Encara? gplus
   

Top 10: As pimentas mais fortes do mundo

Para o paladar do cabra macho: confira a lista das 10 pimentas mais ardidas do planeta. Encara?

Confira Também

Criada em 1912 pelo farmacêutico americano Wilbur Scoville, a “Escala de Scoville” (ou “Unidades de Calor Scoville”, na tradução do termo em inglês “Scoville Heat Units” - SHU) é utilizada para medir o grau/nível de ardência e pungência das pimentas.

O método desenvolvido pelo farmacêutico (também chamado de “Teste Organoléptico de Scoville”) consiste na introdução de pimentas em uma solução com água e açúcar. Ao fazer o teste, Scoville concluiu que quanto maior a quantidade de solução necessária para diluir uma pimenta, mais alto é o seu grau de ardência.

Confira a lista das 10 pimentas de macho, mais fortes do mundo segundo a escala de Scoville:

#10ª: RED SAVINA (500.000 SHU)
De origem chinesa, a Red Savina é uma pimenta de criação seletiva para obtenção de frutos maiores, mais picantes e mais ácidos.

#9ª: 7 POT BARRACKPORE (987.000 SHU)
Apesar de ser originária de Trinidad e Tobago, a pimenta recebeu o nome de uma cidade indiana. A “7 Pot Barrackporre” é o resultado da combinação de híbridos.

#8ª: 7 POT BRAIN STRAIN (1.000.000 SHU)
Com uma aparência ondulada, a Brain Strain recebeu esse nome por se parecer com um cérebro.

#7ª: BHUT JOLOKIA (1.041.427 SHU)
De origem Indiana, foi a primeira pimenta a testada cientificamente a atingir mais de 1 milhão na escala Scoville. Também é onhecida como Naga Jolokia, Ghost Chili, Ghost Pepper (pimenta fantasma) e Naga Morich.

#6ª: 7 POT PRIMO (1.268.250 SHU)
A “7 Pot Primo” é muito distinta, pois possui uma fina e pequena "cauda" que lembra a ponta da pimenta dedo de moça. Alguns cultivadores tentaram criar uma réplica dessa pimenta sem a cauda, por considerarem “algo terrível”.

#5ª: NAGA VIPER (1.349.000 SHU)
É uma pimenta considerada extremamente rara, cultivada no Reno Unido através da combinação de varias pimentas diferentes.

#4ª: TRINIDAD SCORPION BUTCH T (1.463.700 SHU)
De origem australiana, é uma pimenta tão forte que é preciso usar luvas para manipulá-la. Recebeu o nome como prova de que para saboreá-la tem q ser macho: traduzindo para o português, Trinidad Scorpion Butch significa “Escorpião Macho de Trinidad”.

#3ª: 7 POT DOUGLAH (1.853.936 SHU)
Também é conhecida como “7 Pod Douglah” e “Chocolate 7 Pod”, por ser uma pimenta de cor marrom. Além de ser a terceira mais forte do mundo pela escala de Scoville, é considerada uma das que possuem o melhor sabor.

#2ª: TRINIDAD MORUGA SCORPION (2.009.231 SHU)
A pimenta leva o nome em razão de sua origem, o distrito de Moruga, em Trinidad e Tobago. Segundo o Instituto da Pimenta da Universidade do Estado do Novo México, a pimenta atingiu 2.009.231 unidades na Escala de Calor de Scoville. Haja água depois de experimentar...

#1ª: CAROLINA REAPER (2.200.000 SHU)
Também chamada de "HP22B" (nome científico) a pimenta mais ardida do mundo é originária de Fort Mill, Carolina do Sul (EUA), criada por Ed Currie, um cultivador de pimentas americano. Desde 2013, a pimenta é a recordista na escala Scoville validado pelo Guinness World Records, atingindo picos de mais de 2.200.000 SHU.


Veja também:


Para se ter uma ideia de quanto as pimentas Top 10 do ranking são fortes, usamos como referência algumas das velhas conhecidas dos brasileiros:

# PIMENTA MALAGUETA
Pungência: de 60.000 a 100.000 SHU.

# TABASCO
Pungência: de 30.000 a 50.000 SHU.

# PIMENTA DE CHEIRO
Pungência: de 10.000 a 50.000 SHU.

# PIMENTA DEDO DE MOÇA
Pungência: de 5.000 a 15.000 SHU.

# PIMENTA JALAPEÑO
Pungência: de 2.500 a 5.000 SHU.

# PIMENTA BIQUINHO
Pungência: 1.000 SHU.